SOCIOEDUCAÇÃO

Unidade de Internação Feminina oferece atendimento humanizado a adolescentes em conflito com a lei

A estrutura conta com um berçário completo que será utilizado por uma socioeducanda gestante

Everton Dimoni

quarta, 09 de novembro de 2022 às 13h10

259

Vitor Beltrão

Texto de Everton Dimoni

Fotos de Vitor Beltrão

Oportunizar atendimento socioeducativo de excelência tem sido um compromisso seguido rigorosamente pelo Governo de Alagoas. Nos últimos anos, todas as Unidades de Internação de Adolescentes passaram por mudanças profundas em sua estrutura e metodologias que, por meio de investimentos destinados à Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), fizeram do estado referência para todo o Brasil.

Um exemplo de êxito é a Unidade de Internação Feminina (UIF), que atende exclusivamente adolescentes do sexo feminino que estão em privação ou restrição de liberdade. A unidade localizada no bairro da Serraria, em Maceió, conta com 34 vagas, das quais apenas sete estão ocupadas, e oferece atendimento em pleno acordo com as diretrizes estabelecidas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e pelo Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (SINASE).

“Nosso serviço é humanizado desde o acolhimento. Há vários anos a Seprev disponibiliza meios favoráveis à recuperação dessas meninas, que muitas vezes não recebem lá fora o carinho ou as condições necessárias para o seu desenvolvimento pleno, e acabam vindo para cá. Contamos com uma equipe técnica preparada e aqui damos o nosso melhor para reintegrar socialmente nossas adolescentes”, explica a supervisora da UIF, Silvia Medeiros.

A socioeducanda L.V.S.S., de 17 anos, é uma das beneficiadas com o serviço. Gestante de oito meses, ela aguarda a chegada do pequeno Pedro Levi em um ambiente cuidadosamente preparado para assegurar a saúde e a segurança da mãe e do bebê. Dentro da unidade, a adolescente já dispõe de um berçário completo, com ar condicionado, berço, trocador, banheira e demais recursos necessários aos cuidados do bebê.

“Nosso materno nos enche de orgulho e já contribuiu muito com nosso trabalho de ressocialização. Tudo foi montado com muito carinho e a mamãe irá cuidar do seu bebê com toda dignidade. Somos gratos à Seprev pelo olhar diferenciado, de amor e carinho, pois não é em todos os lugares que temos um atendimento como este”, disse a supervisora.

EXCELÊNCIA NO ATENDIMENTO

O superintendente de Medidas Socioeducativas da Seprev, Otávio Rego, destaca que as melhorias estruturais e metodológicas têm fortalecido a prevenção à reincidência infracional de adolescentes em conflito com a lei.

“Foram mudanças generosas que acompanhamos no Sistema Socioeducativo de Alagoas desde a gestão do nosso ex-governador Renan Filho, que continuam hoje com o governador Paulo Dantas. O secretário Kelmann Vieira também impulsionou essa transformação com ações de escolarização e qualificação profissional dos socioeducandos, atendimento à saúde dentro das Unidades de Internação, estrutura de excelência e uma visão humana para, de fato, ressocializar o jovem que está sob a custódia do Estado”, frisou.

Imagens do Álbum


Últimas Notícias