SOCIOEDUCAÇÃO

Socioeducandos de Alagoas participam de curso para cultivo de hortas

Iniciativa visa fomentar novas perspectivas por meio da qualificação profissional

Everton Dimoni

sexta, 07 de junho de 2024 às 16h40

24

Texto de Everton Dimoni

Adolescentes que cumprem medidas socioeducativas na Unidade de Semiliberdade de Rio Largo estão participando do curso de cultivo e produção de hortas, ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar). Eles fazem parte do Programa Jovem Aprendiz, que visa preparar os socioeducandos para o mercado de trabalho, possibilitando que eles retornem à sociedade com novas perspectivas.

A iniciativa é fruto de uma parceria entre o Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), Ministério Público do Trabalho, Superintendência Regional do Trabalho em Alagoas e Usina Santo Antônio.

Para o superintendente de Medidas Socioeducativas da Seprev, Otávio Rêgo, o Programa de Jovem Aprendiz é uma oportunidade de transformar a vida de jovens e adolescentes oriundos do sistema socioeducativo.

"A qualificação profissional é fundamental para mostrarmos aos nossos jovens que há um caminho diferente a seguir e que eles podem construir um futuro melhor, longe do ato infracional. Com esse pensamento, o Governo do Estado oferece não apenas uma profissão, mas a oportunidade de uma vida digna e produtiva", afirmou o superintendente.

O curso de horticultura é composto por módulos teóricos e práticos. Os adolescentes aprendem sobre preparo do solo, plantio, irrigação, manejo de pragas e colheita, além de noções de empreendedorismo e sustentabilidade. As aulas são realizadas em um espaço adaptado dentro da unidade, onde eles podem aplicar diretamente os conhecimentos adquiridos.

“Os adolescentes estão envolvidos na produção e já colhem os frutos deste trabalho. Nossa expectativa é que, após a conclusão da medida, eles possam utilizar as habilidades adquiridas aqui para ingressar no mercado de trabalho ou iniciar o próprio negócio na área de horticultura”, finalizou Otávio Rêgo.

Imagens do Álbum


Últimas Notícias