Sertão recebe base avançada dos Anjos da Paz

Equipe atenderá em Santana do Ipanema e cidades vizinhas até sexta (16)

segunda, 12 de maio de 2014 às 00h00

129

Mariana Lima 

A base avançada dos Anjos da Paz foi instalada nesta segunda-feira em Santana do Ipanema, no salão paroquial da Igreja Sagrada Família, no Centro da cidade. Até a próxima sexta (16), assistentes sociais e psicólogos vão atender dependentes químicos em busca de recuperação e vão orientar familiares sobre a possibilidade de tratamento voluntário e gratuito no Acolhe Alagoas. 

Esta edição, porém, terá atividades em outras cidades sertanejas, não só a cidade-pólo. Equipes móveis da Secretaria de Estado de Promoção da Paz (Sepaz) irão circular pelos municípios vizinhos em datas pré-determinadas. 

"O que nós estamos fazendo esta semana aqui é trazer o Centro de Acolhimento para o sertão, para perto das pessoas que estão precisando de atendimento e orientação", explica o superintendente de Políticas sobre. Drogas da Sepaz, Luan Gama. 

O cronograma nas cidades sertanejas é:

  • 12 a 16 de maio - Santana do Ipanema;
  • 13 de maio - Olivença, Poço das Trincheiras, Dois Riachos;
  • 14 de maio - Maravilha, Ouro Branco, Senador Rui Palmeira;
  • 15 de maio - Carneiros, Pão de Açúcar, São José da Tapera;
  • 16 de maio - Monteirópolis, Olho D'Água das Flores.

 

Rápida resposta

Entre as atividades de mobilização, entrevistas em rádios locais foram o primeiro compromisso do dia, para informar a população de Santana e região sobre o serviço dos Anjos da Paz durante esta semana. Menos de duas horas depois do fim da entrevistas, enquanto ainda acontecia a panfletagem e divulgação na feira livre, quatro famílias já tinham buscado a equipe no salão paroquial para informações sobre o programa de acolhimento oferecido pelo Estado. 

"Este é o objetivo da instalação das bases avançadas, levar informação àquela pessoa que achava que o Acolhe só funciona para Maceió ou aquelas famílias que nem sabiam da possibilidade do acolhimento. Fomos procurados por um rapaz a mando da tia, que ouviu sobre os Anjos da Paz na rádio. Ele não acredita que tem um problema, mas a família agora possui o conhecimento sobre o serviço do Acolhe Alagoas e como pedir ajuda. É para atender essas famílias que o Governo está indo cada vez mais ao interior do estado", completou o secretário da Paz, Adalberon Sá Júnior.


Últimas Notícias