JUNHO VIIOLETA

Seprev promove evento para conscientizar população sobre o combate à violência contra pessoa idosa

Ação faz parte das atividades do Junho Violeta, mês dedicado à conscientização sobre os tipos de violência contra cidadãos 60+

Everton Dimoni

sexta, 28 de junho de 2024 às 14h00

41

Augusto Costa

Texto de Everton Dimoni

Fotos de Augusto Costa

A Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) promoveu, nesta sexta-feira (28), uma ação alusiva à campanha Junho Violeta, mês dedicado à conscientização e ao combate à violência contra a pessoa idosa. O evento foi realizado na Casa de Direitos de Maceió, no bairro do Jacintinho, e reuniu cerca de 25 idosos que residem na região.

A secretária da pasta, Paloma Tojal, comentou a importância do evento para empoderar as pessoas idosas e informá-las sobre a temática. Ressaltou, também, os esforços do Governo de Alagoas no combate à violência contra a população com 60 anos ou mais.

“Este momento é uma oportunidade de trabalharmos a prevenção à violência contra este grupo que, infelizmente, ainda é caracterizado como vulnerável. Enquanto gestão estadual, trabalhamos pela proteção e pela garantia dos direitos da pessoa idosa, e este é só o começo de uma grande jornada que o governo do estado tem construído junto à população, beneficiando tanto os as pessoas idosas quanto suas famílias”, afirmou a gestora.

A programação incluiu um café da manhã especial, dinâmicas, palestras e momentos de interação e troca de informações sobre os direitos da pessoa idosa. Os temas expostos abordaram a prevenção às diversas formas de violação de direitos que ainda atingem pessoas com 60 anos ou mais, como negligência, abuso físico, psicológico, financeiro e patrimonial.

Dona Léa Alves, de 85 anos, é moradora do Jacintinho e marcou presença no evento, acompanhada pela filha e pela neta. Integrante do Conselho dos Direitos da Pessoa Idosa, ela chamou a atenção para a urgência de promover a proteção e a dignidade das pessoas mais experientes.

“É importante conscientizar a população sobre a violência contra as pessoas idosas, uma vez que esse tipo de violação de direitos ainda é constante. Infelizmente vemos muitos maus-tratos contra nós, até mesmo dentro da família. Este evento maravilhoso serviu para alertar os participantes para os riscos, mostrando que o importante é envelhecer com saúde, respeito e com os direitos garantidos”, comentou.

Além da Seprev, participaram da ação a Secretaria de Estado da Cidadania e da Pessoa com Deficiência (Secdef), a Chefia de Articulação da Prevenção da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e a Base Comunitária do Jacintinho. A Banda Ronda no Bairro abrilhantou o evento.

Lidiane Ferraz, secretária executiva da Cidadania da Secdef, evidenciou a necessidade da participação ativa do público com 60 anos ou mais nos espaços de decisão para que seus interesses sejam ouvidos e sirvam de inspiração para a criação e o aperfeiçoamento de políticas públicas que atendam às suas demandas de forma efetiva.

“O Estado tem realizado uma série de ações conjuntas entre diferentes órgãos e aberto as portas para ouvir a população com 60 anos ou mais. É um programa de governo construído pelo povo, ouvindo as demandas da pessoa idosa e trazendo ações como resposta à população, em todas as esferas da sociedade”, pontuou Lidiane Ferraz.

Imagens do Álbum


Últimas Notícias