OPORTUNIDADE

Seprev prepara socioeducandos de Alagoas para ingressar no mercado de trabalho

Cursos profissionalizantes já contemplaram 80% do público socioeducativo

Everton Dimoni

segunda, 20 de maio de 2024 às 15h55

112

Texto de Everton Dimoni

Adolescentes oriundos do Sistema Socioeducativo de Alagoas têm a chance de participar de cursos profissionalizantes e ingressar no mercado de trabalho com uma certificação de reconhecimento nacional. A iniciativa do Governo de Alagoas já contemplou 80% dos adolescentes e jovens sob o cuidado do Estado e tem se mostrado um instrumento relevante na prevenção à reincidência infracional.

Os cursos são oferecidos pela Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) por meio de contrato com o Senai e o Senac, instituições de referência na preparação de profissionais para o mercado de trabalho. Nesta segunda-feira (20), tiveram início as novas turmas de Assistente Administrativo e Pizzaiolo, sendo a primeira delas com 16 jovens aprendizes da Unidade de Internação Masculina Extensão (UIME 2) e a segunda com 19 socioeducandos da Unidade de Internação de Jovens Adultos (UIJA 4).

Para o jovem F.J.M.N., de 18 anos, a qualificação profissional é uma oportunidade de dar prosseguimento à vida de maneira positiva. “Quero sair daqui uma pessoa melhor. Vou absorver o máximo de conhecimento durante o curso para aplicar lá fora. Meu objetivo é concluir a medida e aproveitar a oportunidade para ser um bom profissional, com certificado, e buscar o melhor para mim daqui pra frente”, comentou o socioeducando.

O superintendente de Medidas Socioeducativas da Seprev, Otávio Rego, ressalta que os cursos profissionalizantes são fruto dos avanços presenciados no Sistema Socioeducativo de Alagoas nos últimos anos e que a atenção priorizada do Estado tem contribuído para a reintegração social e familiar desses jovens.

“As oportunidades estão sendo dadas e isto é uma mudança de paradigmas para o nosso Sistema Socioeducativo. É um trabalho inovador, que tem sido possível através dos investimentos do Governo do Estado e do olhar diferenciado da gestão estadual, que acredita na capacidade de mudança e na oportunidade de uma segunda chance. Dessa forma estamos plantando a semente para um futuro melhor”, afirmou o superintendente.

O secretário executivo de Coordenação das Políticas de Prevenção à Violência da Seprev, Fábio Oliveira, esteve presente no lançamento dos cursos e destacou a importância da preparação profissional para a mudança de vida dos adolescentes e jovens que, por alguma razão, vieram a conflitar com a lei.

“Este programa é um exemplo de como intervenções bem planejadas e executadas podem transformar trajetórias de vida, oferecendo não apenas capacitação profissional, mas também esperança e dignidade para esses jovens e adolescentes que, por diversos motivos, encontraram-se em situação de conflito com a lei”, afirmou o secretário.

Imagens do Álbum


Últimas Notícias