PARCERIA

Seprev e UFAL promoverão curso de pós-graduação voltado para os direitos da Criança e do Adolescente

As aulas acontecerão na Escola de Conselhos e contemplarão, inicialmente, os atores do Sistema de Garantia de Direitos

Everton Dimoni

quinta, 31 de março de 2022 às 06h45

220

Vitor Beltrão

Texto de Everton Dimoni

Fotos de Vitor Beltrão

A Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), por meio da Escola de Conselhos, firmou uma parceria com a Universidade Federal de Alagoas (UFAL) para a realização de um curso de pós-graduação voltado para os direitos da Criança e do Adolescente. Este será o primeiro do Brasil financiado com recursos próprios do Governo do Estado e contemplará, inicialmente, os atores do Sistema de Garantia de Direitos. A reunião de apresentação aconteceu nesta quarta-feira (30) no Instituto de Educação Física e Esportes da universidade.

Na ocasião, a superintendente da Criança e do Adolescente da Seprev, Samylla Gouveia, destacou a relevância da cooperação para o fortalecimento da rede de proteção e das políticas públicas voltadas para as crianças e adolescentes de Alagoas.

“Essa parceria é algo nunca visto no país, uma secretaria de Estado juntamente com a universidade em colaboração de papéis para fortalecer a proteção integral das nossas crianças e adolescentes. Trazer essa inovação para o estado de Alagoas é muito gratificante e em nome do secretário Kelmann Vieira e do governador Renan Filho nós só temos a agradecer à universidade por tamanha contribuição”, enfatizou a superintendente.

Para a diretora do Instituto de Educação Física e Esportes da UFAL, Leonéa Santiago, a parceria com a Seprev ligada à pós-graduação é uma forma de abrir as portas da universidade de maneira efetiva para as pessoas que trabalham diretamente com a segurança do público infantoadolescente.

“Instrumentalizar essas pessoas faz parte de um dos papéis da universidade, que é formar o cidadão através dessa orientação pós-graduada. Para nós, é uma alegria muito grande contribuir com a formação dessas pessoas que estarão intervindo no terreno e trazer também os problemas vividos na localidade para serem discutidos dentro da academia”, afirmou.

OUTROS PROJETOS

Além do curso de especialização, a parceria possibilitará a inclusão de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social em programas de educação física e esportes promovidos pela instituição de ensino. A ideia é reforçar o esporte como fator de proteção ao público menor de 18 anos, oportunizando a formação cidadã de crianças e adolescentes alagoanos.

Segundo o gerente de esportes da UFAL, Prof. Dr. Pedro Balikian, a proposta tem como plano de fundo a inclusão social de crianças e adolescentes em alto risco de vulnerabilidade social.

“Essas crianças vêm para a universidade e começam a desenvolver, através de diferentes modalidades esportivas, outros conteúdos que estão relacionados à sua matriz curricular padrão. É o esporte linkado a outras matrizes com para que esse jovem amplie sua capacidade cognitiva e tenha condições de ingressar em um curso de formação universitária como a UFAL”, disse Pedro Balikian.

Imagens do Álbum


Últimas Notícias