CASA DE DIREITOS DE MACEIÓ

Seprev e Tribunal de Justiça alinham parceria para garantir acesso da população à justiça

Técnicos da Casa de Direitos estiveram reunidos com o desembargador do TJ/AL, Tutmés Airan, para tratar de novos projetos

Victor Brasil

sexta, 20 de janeiro de 2023 às 12h50

213

Texto de Victor Brasil

A Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) vem trabalhando para fortalecer o acesso da população alagoana à justiça por meio dos trabalhos efetuados nas Casas de Direitos, em Maceió e Arapiraca. Para isso, técnicos da pasta estiveram reunidos, nesta sexta-feira (20), com o Desembargador do Tribunal da Justiça de Alagoas, Tutmés Airan, para reafirmar a parceria entre os dois órgãos.

O desembargador Tutmés Airan é um dos responsáveis e entusiastas da cooperação entre o Judiciário e a Casa de Direitos. Recentemente, durante a reinauguração do equipamento, em Maceió, ele destacou a importância da ferramenta na proximidade e no atendimento à população.

“Essa parceria nos permitiu trazer para a Casa de Direitos a mediação de conflitos e a conciliação, o que tem um significado muito grande. Aqui as partes resolvem o conflito de modo muito mais ágil e simplificado, evitando o surgimento do processo que pode levar até 10 anos na cadeia recursal. Além disso, quando você faz um acordo, você participa da construção da decisão e, com isso, a satisfação é muito maior”, explicou o desembargador.

Nesta sexta-feira, esta parceria foi reafirmada e os representantes dos dois órgãos iniciaram as tratativas para lançar novos projetos em parceria. Segundo o superintendente de Prevenção à Violência, Charles Tavares, a promoção da justiça de forma simplificada e eficiente é um dos pilares da Seprev.

“Fazer com que a população tenha acesso à justiça sempre foi uma das principais missões da Casa de Direitos e da Seprev, porque nós entendemos que este processo reduz o índice de violência. Por determinação do governador Paulo Dantas e do nosso secretário Kelmann Vieira, vamos estreitar ainda mais os laços com o Poder Judiciário e ofertar ainda mais serviços para a população”, disse.


Últimas Notícias