NESTA SEGUNDA-FEIRA (10)

Secretária da Seprev visita Centro de Reinserção Social e Produtiva da Rede Acolhe

Paloma Tojal destacou a importância da qualificação profissional para prevenir recaídas no uso de substâncias químicas

Everton Dimoni

terça, 11 de junho de 2024 às 11h10

31

Vitória Ester Costa

Texto de Everton Dimoni

Fotos de Vitória Ester Costa

A titular da Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), Paloma Tojal, visitou, nesta segunda-feira (10), o Centro de Referência em Reinserção Social e Produtiva da Rede Acolhe. O equipamento, que integra as políticas sobre drogas do Governo de Alagoas, tem o objetivo de fomentar a empregabilidade e a geração de renda para dependentes químicos que concluíram o tratamento, reduzindo as chances de recaídas.

Paloma Tojal esteve acompanhada da superintendente de Políticas sobre Drogas da Seprev, Lideilma Alves, e do gerente de Reinserção Social e Produtiva, Diego Barros. Na oportunidade, a secretária conheceu toda a estrutura do centro, conversou com as equipes técnicas e discutiu a oferta de cursos profissionalizantes para os dependentes químicos atendidos pela rede.

"A recuperação não se encerra com o tratamento. Precisamos garantir que essas pessoas tenham oportunidades reais de recomeçar suas vidas de maneira digna e produtiva, e o trabalho é uma ferramenta fundamental nesse processo", ressaltou a secretária.

Por meio do Centro de Referência, a Seprev oferece uma série de cursos voltados para a qualificação profissional das pessoas acompanhadas pela Rede Acolhe. As capacitações são oferecidas através de contrato com o SENAI e o SENAC, instituições de referência na formação de profissionais para o mercado de trabalho.

Durante a visita, a gestora ressaltou ainda a importância da atenção pós-tratamento e do acompanhamento contínuo para êxito do processo terapêutico. "Não basta cuidar da dependência química. É necessário criar um ambiente favorável para a construção de uma nova vida. A Rede Acolhe é referência nesse atendimento e tem ajudado milhares de alagoanos a superar o vício de maneira efetiva”, afirmou Paloma Tojal.

Imagens do Álbum


Últimas Notícias