SOCIOEDUCAÇÃO

Projeto de inovação prepara jovens do sistema socioeducativo para o mercado de trabalho

Qualificação profissional, oferecida pela Sprev, tem sido uma aliada na redução da reincidência deste público

Everton Dimoni

quinta, 14 de setembro de 2023 às 09h05

276

Everton Dimoni

Texto e fotos de Everton Dimoni

Jovens e adolescentes oriundos do Sistema Socioeducativo de Alagoas terão a chance de ingressar no mercado de trabalho com uma qualificação de reconhecimento nacional. Eles concluíram nesta quarta-feira (13) um projeto de inovação do curso de Assistente Administrativo oferecido pelo Governo do Estado por meio de contrato com o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial).

Coordenada pela Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), a medida socioeducativa em Alagoas tem permitido a reinserção social de dezenas de adolescentes em conflito com a lei. Uma das razões é a preparação deste público para o mercado de trabalho, que potencializa o exercício da cidadania, sua empregabilidade e protagonismo, tornando-os agentes transformadores de sua realidade.

Segundo o superintendente de Medidas Socioeducativas da Seprev, Otávio Rego, a qualificação profissional é uma aliada na redução da reincidência infracional e um instrumento importante para a transformação de vida dos jovens e adolescentes que infringiram a lei.

“Os cursos profissionalizantes vêm concretizar o principal objetivo da socioeducação, que é reintegrar socialmente os adolescentes e jovens que cometeram ato infracional. Estamos muito felizes com a conclusão de mais esta etapa, pois sabemos que esta capacitação profissional fará com que eles tenham novas oportunidades após a medida”, afirmou Otávio Rego.

O professor do SENAI, Daniel Gomes, foi o responsável por conduzir a turma de socioeducandos na descoberta de novos saberes, tanto nas aulas teóricas quanto nas práticas. Ele explica que o curso busca capacitar os alunos para executar trabalhos pertinentes às áreas administrativas de indústrias e departamentos comerciais, contemplando procedimentos internos, normas técnicas, ambientais, de qualidade e de segurança no trabalho.

“Em sala de aula eles aprenderam tudo o que uma empresa precisa ter para se tornar produtiva, para que possa crescer no mercado e se diferenciar da concorrência. É um curso brilhante e muito completo, que irá ajudá-los a ingressar no mercado de trabalho ou abrir seu próprio negócio se assim desejarem”, ressaltou o professor.

Na conclusão do curso, eles mostraram talento e muita criatividade projetando uma empresa com todos os setores administrativos e operacionais. A apresentação incluiu até uma maquete do empreendimento, cuidadosamente construída pelos socioeducandos. Para um dos alunos, de 19 anos, o curso oferece a oportunidade de mudança ao ampliar as chances de conseguir uma boa colocação no mercado após a conclusão da medida.

“O curso é excelente. Me ajudou a desenvolver novos talentos e até ampliou minha perspectiva para o futuro. Além do conhecimento prático, essa experiência me trouxe esperança e é isso que eu quero para a minha vida quando voltar para a casa dos meus familiares”, disse o jovem.

Imagens do Álbum


Últimas Notícias