Parceiros visitam a Casa de Direitos e definem data de inauguração

Unidade será coordenada pela Sepaz e inauguração ocorre no dia 23 de maio

terça, 15 de abril de 2014 às 00h00

290

Ascom Sepaz

 

A Casa de Direitos instalada na Praça do Mirante do Jacintinho, em Maceió, será a primeira do Nordeste com essa finalidade e já tem data oficial para inauguração e início dos serviços: dia 23 de maio. A unidade, que será coordenada pela Secretaria de Estado da Promoção da Paz (Sepaz), recebeu a visita de representantes de entidades parcerias, na manhã desta terça-feira (15).

Na ocasião, o secretário da Paz Adalberon Sá Júnior destacou que a Casa vai ofertar políticas públicas e facilitar o acesso da população à justiça, evitando, assim, deslocamentos para outras regiões da cidade.

Também participaram da visita o prefeito em exercício de Maceió, Marcelo Palmeira, acompanhado por secretários e sua equipe técnica, a diretora da Secretaria de Reforma do Judiciário (SRJ/MJ), Kelly Oliveira Araújo, representantes da Polícia Militar, Guarda Municipal e Caixa Econômica Federal.

Reunião de trabalho com SRJ

A terça-feira (15) foi intensa no alinhamento dos serviços a serem ofertados na Casa de Direitos. Sob mediação dos representantes da Secretaria de Reforma do Judiciário (SRJ), Estado, município de Maceió e Poder Judiciário traçaram as diretrizes do plano de trabalho.

A proposta é que as ações oferecidas por cada órgão individualmente possam ser feitas na Casa, utilizando sua estrutura enquanto Núcleo Comunitário de Justiça e Mediação.

“A Casa de Direitos de Alagoas é uma estrutura que será atendida com serviços de justiça e extra-judiciais, ofertando não só a mediação de conflitos, mas de forma a fortalecer a cidadania e que realmente venha a influir na diminuição da violência, já que a comunidade do Jacintinho está inserida nas ações do Brasil Mais Seguro”, afirmou Kelly Oliveira de Araújo, diretora do Departamento de Política Judiciária da SRJ.

Gestora e coordenadora da Casa de Direitos em Alagoas, a Secretaria de Promoção da Paz defende a presença do Estado e demais órgãos na estrutura do Jacintinho, para fortalecer a reocupação do espaço público da Praça do Mirante pela população.

“A Sepaz já avançou no andamento da seleção de monitores, estagiários e técnicos que vão atuar na Casa. Também pretende se manter presente além da mediação de conflitos, com a oferta de outros serviços, como a prevenção às drogas e o acolhimento, através de equipes dos Anjos da Paz”, disse o secretário Adalberon Sá Júnior.

Durante a visita, a secretária executiva da Prefeitura de Maceió, Adriana Toledo, frisou que o município vai recuperar a Praça onde fica a Casa de Direitos. “Já estamos trabalhando para melhorar os passeios, os bancos, a jardinagem, a iluminação e faremos uma revitalização geral ao longo do ano. Aqui também teremos uma academia de saúde, quadra poliesportiva e roda de capoeira, tudo em atendimento ao que foi demandado pela comunidade”, informou a secretária. O local também contará com uma base da Polícia Militar e da Guarda Municipal.


Últimas Notícias