REDE ACOLHE

Governo de Alagoas oferta 625 vagas para tratamento gratuito de dependentes químicos

Atendimento contempla pessoas de 12 a 60 anos e está disponível na capital e no interior do estado

Everton Dimoni

terça, 19 de abril de 2022 às 15h35

517

Vitor Beltrão

Texto de Everton Dimoni

Foto de Vitor Beltrão

O Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), está ofertando 625 vagas para acolhimento e tratamento gratuito de pessoas em situação de dependência química. A Rede Acolhe conta com 29 comunidades terapêuticas habilitadas, que oferecem atendimento na capital e no interior do estado.

Para ter acesso ao serviço, o público deve procurar um dos três Centros de Acolhimento, que ficam situados nos municípios de Maceió, Arapiraca e Santana do Ipanema. Caso o deslocamento não seja possível, o interessado pode entrar em contato por meio do telefone 0800 280 9390 e solicitar a visita técnica das equipes itinerantes, que farão a avaliação e o encaminhamento do dependente químico para o tratamento adequado.

“Ao chegar a um dos nossos Centros de Acolhimento, a pessoa passa por uma avaliação técnica com a equipe de psicologia, assistência social e enfermagem. Caso se enquadre no perfil para o serviço, o acolhido é encaminhado para uma das comunidades terapêuticas acolhedoras vinculadas à Seprev”, explica a coordenadora do Centro de Acolhimento de Maceió, Jullyana Gomes.

O atendimento contempla pessoas de 12 a 60 anos e está disponível para homens, mulheres e até adolescentes que fazem uso abusivo de álcool ou outras drogas. É importante destacar que, com o auxílio profissional, o acolhido amplia suas chances de sucesso para vencer a dependência química e retomar o convívio social de cabeça erguida.


Últimas Notícias