PEGA A VISÃO

Egressos do Sistema Socioeducativo de Alagoas são preparados para o mercado de trabalho

Qualificação profissional tem se mostrado um instrumento valioso na redução da reincidência infracional deste público

Everton Dimoni

quinta, 25 de janeiro de 2024 às 12h45

95

Vitor Beltrão

Texto de Everton Dimoni

Fotos de Vitor Beltrão

Adolescentes e jovens egressos do Sistema Socioeducativo de Alagoas concluíram, nesta quarta-feira (24), o curso profissionalizante de Construção Civil em Alvenaria e terão a chance de ingressar no mercado de trabalho com uma certificação de reconhecimento nacional. Eles fazem parte da primeira turma do programa Pega a Visão, que realiza o acompanhamento pós-medida objetivando a plena reinserção social e familiar deste público.

Os cursos são oferecidos pela Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), por meio de contrato com o SENAI Alagoas, instituição de referência na formação de profissionais para o mercado de trabalho.

Conduzidos pelo professor Isaías Wanderlei, os alunos foram apresentados às competências inerentes ao ramo da construção em alvenaria. Eles aprenderam sobre a identificação dos componentes, etapas da edificação, ferramentas e equipamentos utilizados na construção civil, os materiais utilizados, entre outros conceitos e habilidades.

“A turma passou pelo processo de fundamentos, sapatas, alicerce e toda a parte inicial da obra, partindo em seguida para a alvenaria em si, reboco, chapisco até o acabamento e instalação do piso. Em termo de trabalho, este é um ramo que cresce bastante e eles agora têm grande chance de serem inseridos no mercado de trabalho. Todo o conhecimento já foi conquistado, depende agora da dedicação para começar a trabalhar”, pontuou o professor.

Para o socioeducando Paulo Victor, a qualificação profissional ofertada pela Seprev irá ampliar o leque de possibilidades para um futuro melhor. “Essa é uma oportunidade muito boa, que irá enriquecer o meu currículo e ajudar a abrir muitas portas de emprego. Estou feliz por ter concluído o curso e entusiasmado porque agora eu tenho uma profissão”, comentou o egresso.

Redução da reincidência infracional

Segundo a coordenadora-geral do programa Pega a Visão, Samylla Gouveia, a qualificação profissional tem se mostrado um instrumento valioso na redução da reincidência infracional de adolescentes e jovens adultos que, por alguma razão, entraram em conflito com a lei. Ela diz ainda que a turma formada exclusivamente por egressos representa um avanço para a medida socioeducativa em Alagoas, garantindo alternativas distintas ao ato infracional.

“A iniciativa do Governo de Alagoas possibilita que o jovem tenha mais oportunidades e possa ser reinserido socialmente e profissionalmente no mercado de trabalho, contribuindo dessa forma para o êxito da sua permanência na sociedade e prevenindo a vulnerabilidade social. Por tudo isso, é uma grande felicidade para nós acompanhar a conclusão desta primeira turma”, afirmou Samylla Gouveia.

Imagens do Álbum


Últimas Notícias