APERFEIÇOAMENTO

Colaboradores do 190 são capacitados para atendimento humanizado a mulheres vítimas de violência doméstica

Durante dois dias, foram repassados conhecimento e protocolos buscando um serviço de excelência

Luciano Milano

terça, 16 de abril de 2024 às 14h55

54

Ascom SSP

Texto de Luciano Milano

Foto de Ascom SSP

Os colaboradores do Teleatendimento 190 Ronda participaram de uma capacitação de dois dias que tratou sobre protocolos de atendimento humanizado a mulheres em situação de violência doméstica. A coronel PM Camila Paiva ministrou o aperfeiçoamento, que teve início na segunda-feira (15) e se encerrou nesta terça (16).

Para a oficial, a iniciativa conjunta das secretarias de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) e de Segurança Pública (SSP) é de fundamental importância. "O acolhimento a mulheres vítimas de violência é um primeiro passo para que a gente possa falar em atendimento humanizado.  Por isso, a capacitação visa o repasse de conhecimento, de protocolos de atendimento humanizados para as mulheres que vivem essa terrível situação. Dentro desse contexto, a missão do Estado e das forças de segurança é prestar um serviço de excelência que significa salvar vidas ", destacou.

“Outro ponto importante abordado e que é difícil de ser trabalhado na capacitação é a necessidade de desconstruir o machismo que há em todos nós, pois só assim podemos enxergar a situação com sensibilidade", ressaltou ainda.

Camila Paiva também apontou as técnicas que devem ser empregadas pelos teleatendentes, quando do recebimento de uma ligação de uma mulher que pode estar passando por uma situação de violência.

"Mostramos que, muitas vezes, a mulher está em situação de risco, mas não pode pedir socorro porque o agressor está próximo a ela. Então, do outro lado da linha, o atendente precisa estar preparado para reconhecer e avaliar que aquele pode ser exatamente isso: um pedido de socorro. Quais as perguntas que devem ser feitas, qual o procedimento, como se pode colher, da melhor forma possível, as informações. Com a segurança dos dados, ao acionarmos a guarnição que realizará o atendimento em si, teremos muito mais chances de sucesso. E este é nosso objetivo. Tudo isso é decisivo na hora de salvar a vida de uma vítima de violência doméstica", informou a coronel.

O Teleatendimento 190 Ronda funciona 24 horas por dia com oito teleatendentes em turnos de seis horas.  O serviço é a porta de entrada do Sistema de Segurança Pública de Alagoas, já que a partir das ligações, os casos são direcionados para as unidades policiais de cada área, garantindo assim o efeito atendimento das ocorrências.


Últimas Notícias