CRAD

Centro de Referência irá ampliar a atenção a crianças e adolescentes vítimas de violência

Equipamento foi inaugurado, nesta quinta-feira (30), pela Seprev e irá integrar órgãos do Executivo com o Sistema de Justiça

sexta, 01 de outubro de 2021 às 18h10

213

Texto de Victor Brasil

Fotos de Vitor Beltrão

Para ampliar os cuidados ao público infanto-adolescente vítima ou testemunha de violência, a Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) inaugurou, nesta quinta-feira (30), o Centro de Referência em Atenção a Crianças e Adolescentes (CRAD).

O novo equipamento irá disponibilizar à população alagoana atendimento psicossocial e jurídico especializado e promoverá também a atuação integrada de todos os órgãos que compõem o Sistema de Garantias de Direito da Criança e do Adolescente.

“Neste local, iremos integrar órgãos do Executivo com o Sistema de Justiça – Poder Judiciário, Defensoria Pública, Ministério Público, em prol de reduzir danos e a vitimização da criança e do adolescente vítima de violência e seus familiares”, explicou a superintendente da Criança e do Adolescente da Seprev, Samylla Gouveia.

Samylla informou ainda que, com a atuação do CRAD, ainda será possível acelerar os processos pós violência, agilizando processos judiciais, ampliando a atenção integral para que esta criança ou este adolescente não tenha prejuízos futuros.

O titular da Seprev, secretário Kelmann Vieira, lembrou que este é um trabalho fruto de um projeto que começou em 2015, quando o Governo de Alagoas alocou a Política da Criança e do Adolescente na primeira Secretaria de Estado de Prevenção à Violência. “Assim como o Governador, entendo que trabalhar na proteção deste público, estaremos garantindo uma sociedade mais justa e pacífica”, disse.

“Ao assumir a Seprev, em maio deste ano, me comprometi a ter um olhar especial para com a Política da Criança e do Adolescente exatamente porque acredito que prevenção à violência se inicia na base. Fomos buscar o que há de melhor no Brasil para extrair boas práticas e lançar em Alagoas algo que fosse de fato garantir os direitos das crianças e adolescentes, sobretudo no trato pós violência”, enfatizou Kelmann Vieira.

Imagens do Álbum


Últimas Notícias