NESTA QUARTA-FEIRA (31)

Adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa participam do Carnaval das Pérolas

O evento promoveu a ressocialização das adolescentes que estão privadas de liberdade

Everton Dimoni

quarta, 31 de janeiro de 2024 às 17h50

202

Texto de Everton Dimoni

Adolescentes que cumprem medidas socioeducativas na Unidade de Internação Feminina (UIF), localizada no bairro da Serraria, em Maceió, participaram, nesta quarta-feira (31), de uma festa carnavalesca com direito a maquiagem, decoração e muito frevo. O Carnaval das Pérolas buscou promover a ressocialização das socioeducandas que estudam e se dedicam às atividades cotidianas da unidade.

Promovido pela Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), por meio da Superintendência de Medidas Socioeducativas (Sumese), o evento faz parte do cronograma anual de atividades, que proporciona arte, cultura e lazer para socioeducandos atendidos pelo Estado.

“A Unidade Feminina é responsável por reinserir socialmente as adolescentes e jovens que por algum motivo entraram em conflito com a lei. É um processo de construção que leva em conta vários fatores, como educação, profissionalização, mas também a integração social deste público que se encontra privado de liberdade”, explica a supervisora da unidade, Silvia Medeiros.

Tudo foi preparado com muito carinho pela equipe técnica da unidade. A programação contou até com um momento de beleza para elevar a autoestima das participantes e despertar nelas o desejo de transformação.

A adolescente J.M.C., de 17 anos, disse que este foi o melhor carnaval de que já participou e ressaltou a humanização do atendimento recebido na unidade, que atualmente conta com quatro adolescentes.

“Aqui na UIF nós somos muito bem acolhidas. A equipe preparou essa festa maravilhosa para nós e foi o melhor carnaval que já tive, melhor até que os carnavais lá de fora. Agradeço muito toda equipe da UIF e também à Seprev por este momento tão especial”, comentou a socioeducanda.

Para o superintendente de Medidas Socioeducativas da Seprev, Otávio Rego, o evento carnavalesco vem aperfeiçoar as metodologias já utilizadas pelo Governo do Estado na medida de proteção socioeducativa.

“Promover a cultura e a valorização das tradições brasileiras junto aos adolescentes da socioeducação é uma das obrigações do Estado. Atividades culturais como a de hoje enriquecem o processo de socioeducação, complementando todo o trabalho psicossocial, educacional e profissionalizante que é realizado”, afirmou Otávio Rego.

Imagens do Álbum


Últimas Notícias