Programas


  • REDE ACOLHE

            Considerando o objetivo de interferir nos crescentes índices de criminalidade, a Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev) iniciou as atividades do Projeto de acolhimento a dependentes químicos, denominado “Rede Acolhe”, com a atribuição de fortalecer ações de inclusão e resgate social de pessoas com dependência química que têm uma relação estreita com os índices de violência no Estado.

            O Projeto foi desenvolvido a partir da concepção de ser a dependência química um estilo de vida com danos sociais elevados e não somente o uso exagerado de determinada substância psicoativa. Procura-se contemplar a multifatoriedade na origem do consumo de drogas. O projeto é de acolhimento por considerar-se necessária a parada de consumo drogas e saída do local de risco social elevado, com o objetivo de promover o equilíbrio do dependente, seu acolhimento, proteção e oferecer possibilidade de reestruturação física e social. Todo o projeto é consentido pelo usuário e pela família. Tem como público alvo homens e mulheres em consumo ativo de drogas, a partir de 12 anos de idade, que tenham vulnerabilidade social e desejo de abstinência de drogas, e que não possuam comorbidade física ou mental grave em atividade que inviabilize sua permanência no ambiente de tratamento.

  • EQUIPES VOLANTES DE ATENDIMENTO A DEPENDENTES QUÍMICOS

            Equipes compostas de assistentes sociais e psicólogos que, em visita domiciliar, oferecem orientação e ajuda às famílias e/ou aos dependentes químicos sobre as possibilidades de recuperação, demais serviços prevenção ao uso abusivo das drogas e encaminhamentos junto aos diversos equipamentos que se relacionam com o problema. Também atuam no trânsito dos dependentes e familiares até às comunidades acolhedoras.

            Este serviço funciona a partir do contato telefônico gratuito (0800-280-9390), solicitação no próprio Centro de Acolhimento (Rua Capitão Samuel Lins, 124 - Farol  - Maceió-AL) ou através dos diversos parceiros da Seprev, com destaque para as bases comunitárias da Polícia Militar.

  • CIDADÃO LEGAL

O Cidadão Legal é um programa de facilitação para retirada de documentos para dependentes químicos, adolescentes em cumprimento de medidas socioeducativas e crianças e adolescentes vítimas de violência.

  • SEPREV EM AÇÃO

O Seprev em Ação é um projeto de ações itinerantes que leva acesso à justiça e cidadania para a população em territórios de alta vulnerabilidade social, garantindo assim a prevenção da violência.

  • CASA DE DIREITOS

A Casa de Direitos é um espaço agregador, que oferta serviços como o Núcleo de Justiça Comunitária, Mediação de Conflitos, emissão de documentos, capacitações, etc.

  • NACAVV

O Núcleo de Atendimento à Criança e Adolescente Vítimas de Violência oferta o serviço de acompanhamento psicossocial e jurídico para vitimas e seus familiares, na tratativa de reduzir os danos emocionais e sociais e evitar a reincidência dos casos de violência.

  • PROGRAMA RONDA NO BAIRRO

O Programa Ronda no Bairro tem como pilares de serviço a segurança de proximidade, a abordagem social e comunitária, a atenção à população em situação de vulnerabilidade social e a articulação para requalificação de espaços de convivência mútua degradados.