Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2020 FEVEREIRO Seprev alerta sobre os cuidados com crianças e adolescentes na internet
12/02/2020 - 11h11m

Seprev alerta sobre os cuidados com crianças e adolescentes na internet

Com dicas de como manter um ambiente on-line mais positivo, técnica faz um apelo no Dia Internacional da Internet Segura

Seprev alerta sobre os cuidados com crianças e adolescentes na internet

.

Não é novidade para ninguém que a tecnologia já é uma realidade na vida de nossos filhos. Assim, a preocupação com a segurança das crianças na internet passou a integrar as rodas e discussões de pais e educadores. Afinal, se por um lado o mundo digital trouxe uma imensidão de possibilidades, do outro, ela exige cuidados redobrados. Com o objetivo de trazer esse tema para a pauta e buscar formas de garantir a proteção no meio digital, instaurou-se, nesta terça-feira (11), em todo o mundo, o Dia Internacional da Internet Segura.

Criada pela Rede Insafe, na Europa, a data tem o objetivo de envolver e unir os diferentes atores, públicos e privados, na promoção de atividades de conscientização em torno do uso seguro, ético e responsável da internet. São mais de 140 países que aderem à causa, inclusive o Brasil. Em Alagoas, a Secretaria de Prevenção à Violência (Seprev) não fica de fora e alerta a sociedade sobre os transtornos que a falta de cuidados pode trazer.

De acordo com a Seprev, é preciso estar atento ao que está sendo publicado na internet, assim como ter cuidado ao acessar links desconhecidos, visto que fraudes e crimes virtuais são cada dia mais recorrentes no mundo on-line.

Cuidado redobrado com crianças e adolescentes

Estar on-line já faz parte da rotina das crianças e dos adolescentes que nasceram neste mundo digital. Segundo uma pesquisa do Comitê Gestor da Internet (CGI), cerca de 25 milhões de crianças e adolescentes no Brasil tiveram acesso à internet em 2017. Porém, ainda que esses jovens tenham muitas habilidades no uso de ferramentas tecnológicas, nem todos têm consciência das responsabilidades e dos riscos que isso pode trazer.

Para a superintendente da Criança e do Adolescente da Seprev, Samylla Gouveia, “é preciso acompanhar o que o filho está fazendo na internet, estabelecendo sempre um limite de uso e supervisionar a vida social dele on-line. Assim como os pais se preocupam com os amigos da vida off-line da criança e do adolescente, devem se preocupar com os amigos virtuais”. 

Dentre outras dicas, Samylla Gouveia destaca que os pais precisam ainda envolver-se nas atividades on-line das crianças desde cedo, definir regras básicas sobre o que pode e não pode fazer no mundo virtual e explicar as razões de cada uma delas, incentivar os filhos a prestar atenção aos ajustes de privacidade nas redes sociais, dentre outras. “Os pais precisam alertá-las sobre os perigos e trocar informações diariamente, garantindo, sobretudo, uma proximidade com seus filhos”, completou a superintendente.

Redes Sociais

Para alertar e orientar os pais sobre a Internet Segura, a Seprev utilizou seus perfis nas redes sociais Facebook e Instagram para publicar um conjunto de cards com dicas sobre como manter as crianças e os adolescentes seguros na rede mundial de computadores. Basta acessar o perfil @seprev.alagoas e conferir as dicas.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

 

null

Portal da Transparência