Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2018 Janeiro Ronda no Bairro identifica e encaminha dependente químico para Rede Acolhe
25/01/2018 - 14h30m

Ronda no Bairro identifica e encaminha dependente químico para Rede Acolhe

Ação foi fruto da equipe de articulação e mobilização social do programa, que atua na região do Jacintinho desde o início do mês

Ronda no Bairro identifica e encaminha dependente químico para Rede Acolhe

Texto de Victor Brasil

A equipe de Mobilização Social do programa Ronda no Bairro identificou, nesta quinta-feira (25), no bairro do Jacintinho, um dependente químico que necessitava de tratamento para se afastar do consumo abusivo de álcool. Em uma ação articulada, a equipe o encaminhou para o Centro de Acolhimento da Secretaria de Estado de Prevenção à Violência (Seprev).

O dependente químico, de 44 anos, é usuário de álcool há mais de 10 anos e residia na rua Formosa no bairro do Jacintinho. No momento em que foi identificado pela equipe do Ronda no Bairro, o homem encontrava-se no mercado público da região, onde consumia a bebida alcoólica diariamente.

“Nós fomos abordados por uma senhora, no momento em que fazíamos uma visita no bairro. Ela nos comunicou sobre o caso deste senhor e prontamente fomos ao seu encontro”, disse a assistente social do Ronda, Cleide Azevedo, ao lembrar que o dependente químico recebeu a equipe com muita emoção.

Ao contar para a equipe o seu caso, o dependente químico informou que encontrava-se desempregado e que precisava de ajuda para se livrar do vício pelo álcool. Ele foi encaminhado para o Centro de Acolhimento, no bairro do Farol, onde passou por uma triagem com psicólogo, assistente social e enfermagem.

Como, após a triagem, foi confirmada a sua dependência química, o senhor foi prontamente encaminhado uma das 37 comunidades acolhedoras credenciadas pela Rede Acolhe.

Ronda no Bairro

O programa é mais um aliado das forças de segurança pública de Alagoas. Ele conta com patrulhamento de trios de policiais, sendo um da reserva e dois da ativa, que atuam nas seguintes modalidades: a pé, de moto e de bicicleta, em dois turnos de serviço diários, das 6h30 às 14h30 e das 14h30 às 22h30.

O Ronda no Bairro é um programa de governo sob a alçada das Secretarias de Estado de Prevenção à Violência (Seprev), da Segurança Pública (SSP), da Assistência Social (Seades) e da Ressocialização e Inclusão Social (Seris).

Mobilização Social

Além das abordagens de proximidade realizadas pelas patrulhas, o programa possui uma Central de Articulação e Abordagem Social composta por uma equipe multidisciplinar (psicóloga, assistente social e cientista social), responsável pelo reconhecimento e encaminhamento de pessoas em situação de vulnerabilidade social aos órgãos estaduais e municipais competentes.

A Central de Abordagem Social também é responsável por organizar, promover intervenções culturais em espaços de convivência mútua, criar parcerias para proporcionar atividades de lazer para a juventude carente local, bem como atuar como interlocutora junto às entidades: Rede Acolhe, Anjos da Paz, Centros de Referência Especializados em Assistência Social (Creas); Centros de Assistência Social (Cras) e Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD).

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

 

Portal da Transparência