Estado de Alagoas

Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

» Página Inicial Sala de Imprensa Notícias 2014 Dezembro Acolhe Alagoas servirá de modelo para projeto em secretaria de Pernambuco
23/12/2014 - 16h48m

Acolhe Alagoas servirá de modelo para projeto em secretaria de Pernambuco

Secretário que assume a pasta do Desenvolvimento Social, Criança e Juventude visitou a Sepaz nesta terça-feira

Acolhe Alagoas servirá de modelo para projeto em secretaria de Pernambuco

Superintendente Luan Gama explica como funciona o software do Acolhe Alagoas (foto: Ascom/Sepaz)

Ascom Sepaz

O projeto Acolhe Alagoas servirá de modelo para uma iniciativa semelhante de acolhimento a dependentes químicos que será implantada na Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude do Governo de Pernambuco. É o que afirmou o futuro secretário da pasta em visita à Sepaz, nesta terça-feira (23), Isaltino Nascimento, já anunciado pelo governador eleito daquele estado, Paulo Câmara.

O futuro secretário estava acompanhado pelo vereador de Recife Luiz Eustáquio, que preside a Frente Parlamentar de Combate ao Crack da Câmara de Vereadores, e do assessor Bruno José. Eles foram recebidos no Centro de Acolhimento para Pessoas com Dependência Química pelo secretário Adalberon Sá Júnior e pelo superintendente Luan Gama.

Gestores de Pernambuco

Vereador Luis Eustáquio, secretário Isaltino Nascimento e assessor Bruno José

visitam Centro de Acolhimento da Sepaz


Os gestores de Pernambuco conheceram toda a estrutura do Centro de Acolhimento, como funcionam os serviços, o software de controle de vagas, a biometria, a dinâmica dos Anjos da Paz e tiraram diversas dúvidas sobre o credenciamento das comunidades acolhedoras, que ocorre por meio de edital, os mecanismos de controle e fiscalização, os investimentos para manutenção das vagas feitos pelo Governo do Estado e pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad).


“Após a reestruturação ocorrida neste governo, contamos com a parceria do Conselho Estadual de Políticas sobre Drogas, o Coned. Temos um instituto que faz o monitoramento das comunidades e nos passa dados que nos servem de base para a tomada de decisões”, informou o secretário Adalberon Sá Júnior quando perguntado sobre o acompanhamento do trabalho desenvolvido pelas comunidades.


“A partir desse monitoramento, sabemos que 39% das pessoas que passaram pelo projeto Acolhe Alagoas através das comunidades não voltam a usar drogas, o que é uma média muito boa", emendou o superintendente Luan Gama.

Adalberon

Secretário Adalberon explica como agem os Anjos da Paz


O vereador Luis Eustáquio, que participou da visita, já esteve na Sepaz para conhecer o projeto Acolhe Alagoas, em 2013, acompanhado por outros vereadores da capital pernambucana que faziam parte da Frente Parlamentar, além de representantes do Ministério Público, Defensoria Pública, Ordem dos Advogados do Brasil, Tribunal de Justiça de Pernambuco e secretarias do município de Recife.

 

Na ocasião, eles conheceram o Centro de Acolhimento e uma das comunidades acolhedoras que recebem os dependentes químicos que aceitam ajuda de forma voluntária.


Nesta terça-feira (23), após a visita ao Centro de Acolhimento, o grupo foi conhecer a comunidade Nova Jericó, localizada em Marechal Deodoro. “Hoje, a gente percebe que a população aqui de Alagoas se apoderou desse serviço ofertado pela Secretaria da Paz. A gente vê que esse trabalho é grande e muito importante. Aqui a população sabe que, se buscar ajuda, vai ser atendida e vai conseguir vaga pra acolhimento, se for necessário”, afirmou o vereador Luiz Eustáquio, que demonstrou entusiasmo pelo projeto alagoano desde a primeira visita.

Ações do documento

banner_lai+sic_LATERAL-A-PLONE3.jpg
banner_lai+sic_LATERAL-B-PLONE3.jpg

banner_GERAL_LATERAL_sic-plone3.jpg

 

Portal da Transparência